Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

T3 para dois

...a aventura de uma vida a dois...

T3 para dois

...a aventura de uma vida a dois...

Cadeiras

por Mafalda, em 30.04.14

Aiiii as cadeiras....

Estas deram muito trabalho a muita gente!!

 

Quando comecei à procura de cadeiras para a mesa de jantar, acho que me ia dando uma coisinha má... Como é que uma simples cadeira custa para cima de um dinheirão??? As mais baratinhas que encontrei (no IKEA) custavam 50€ cada!! Ora ia precisar de 6 cadeiras... 50€ x 6 cadeiras, dava 300€ só para cadeiras.... no way!! Tinha de arranjar uma solução mais em conta!

 

No "sotão" da garagem do sogro, lá estavam elas... Umas cadeiras antigas que tinham vindo da casa de um familiar, simplesmente para mandar fora, ninguém as queria e estavam ali à espera de um outro final.

Retirámos uma para ver com era e decidimos que iriam ser aquelas as nossas cadeiras. Precisavam de um restauro... estofo novo, nova pintura... Mal sabiamos o trabalhão que nos iriam dar!!

 

Segundo uma pesquisa do google, julgo que são cadeiras de estilo colonial, todas trabalhadas à mão.

 

1ª tarefa: retirar todas as tachas, agrafos e pele do estofo... (mais de 300 tachas em cada cadeira!!!);

2ª tarefa: retirar a tinta... começou por ser com lixa, o que ira demorar uma eternidade devido aos promenores, acabaram a ser limpas com Soda Caústica e água fria;

3ª tarefa: pintar com nova cor, como a mesa da sala é castanho-preto, fizemos uma mistura de cor mogno com preto;

4ª tarefa: estofar... passei algumas horas a agrafar a napa às cadeiras! e a desagrafar também... (nem sempre ficou esticado à primeira);

5ª tarefa: colocar as tachas! ufffff, foram 208 tachas em cada uma!!! reduzimos ligeiramente o número devido à diferença de tachas no assento, em vez de a toda a volta, colocámos apenas nos cantos.

 

Alterámos os pinos das cadeiras, os originais eram muito altos e optámos por uns mais baixos.

 

Fazendo as contas, gastámos cerca de 70€ em material para as 6 cadeiras, ou seja poupámos quase 80%! Claro que a mão de obra não pode entrar nas contas...

E no fim, adoramos as nossas novas cadeiras! :D

 

 

Puffs

por Mafalda, em 29.04.14

Sala que é sala tem de ter puffs!

Fiz dois modelos, dois de cada, assim não falta sítio para sentar e relaxar um pouquinho.

Os redondos fiz em tecido (com o molde Amy Butler - Gum Drop Pillows), combinei preto e branco com verde alface (para dar um splash de cor!) e os triangulares fiz em napa castanha, combinando assim com o sofá que escolhemos.

Os puffs rendondos muito provalmente irão servir também de mesa de apoio, para comandos e revistas. :)

  

 

  

 

 

 

And now what??

por Mafalda, em 28.04.14

Comecei a mudar os tarecos!!!

 

Primeiro o enxoval, as loiças, os panos, os atoalhados e afins.

Com os armários da cozinha já limpinhos deu para arrumar tudo no sítio e ver a coisa a ficar composta.

Os atoalhados já ficaram em "exposição", o colchão da cama também já chegou e assim a cama ficou já feita (por uma casada e uma solteira, como manda a lei!).

 

Na cozinha já tenho uma parafernália de electrodomésticos.... desde máquina de café (que trocámos pelos pontos do cartão BP), a batedeira (a minha perdição!!!), o grelhador de contacto, o jarro eléctrico... e é com isto que me deparo que numa bancada tão grande fico sem espaço para a tão adorada Bimby...

Mudanças psicológicas

por Mafalda, em 27.04.14

Como nunca estudei fora, nunca saí de casa dos papás, nunca houve o corte do cordão!!

É um misto de sentimentos que não é fácil de explicar, se por um lado quero muito sair, viver com o mais que tudo, ter o nosso espaço... por outro lado sinto como se fosse virar as costas a quem sempre fez tudo o que podia e por vezes mais do que isso, para me criar e fazer de mim o que sou hoje.

Sei que não lhes vou virar as costas NUNCA, são os meus pais, a quem devo tudo! E afinal de contas vou viver a 15km de casa deles.... vou vê-los e falar-lhes todos os dias, mas é um sentimento que não sei explicar.

Sei que estão felizes por mim e que me apoiam a 200%, mas nem assim fico mais tranquila. Talvez com a mudança difinitiva o sentimento vá acalmando, logo se vê....

O recheio

por Mafalda, em 26.04.14

E aqui começa a parte gira, escolher os movéis e a decoração!!!

Mesmo antes de termos a casa, eu já tinha imaginado tudo o que queria, como ia ficar... Claro que depois de ter o espaço é mais fácil, a noção do espaço é muito importante!

 

Como em tudo hoje em dia, uma mobília não é para durar uma vida... por isso, tchan tchan tchan tchan... IKEA!

A grande maioria dos movéis são dessa abençoada loja que nos facilita (muito!!) a vida, são simples, lisos, sem "forniquoques" tramados para agarrar pó e fáceis de montar.

Claro que a parte de montar deixei para os homens... afinal os amigos (também) são para as ocasiões!! hehe

 

Felizmente a minha mãe foi fazendo o enxoval ao longo destes anos, nada de naperons, nem couves do Bordallo, tudo simples e útil.

Entre serviço completo de jantar, copos, faqueiro, panelas, panos de cozinha, atoalhadas e roupa da cama, acho que poupei uma pequena fortuna. Por isso quando aos 12 anos vos oferecerem um paninho da cozinha, nem imaginam o jeito que vos vai dar! 

Quando começámos a tirar tudo dos baús é que percebi a quantidade de coisas que tinha, foram anos a juntar e de repente "onde vou arrumar  tudo??!!", isto sem falar nos tarecos que a cara metade também tem.... Sim, os homens também têm enxoval!

 

O sofá... sim aí abrimos os cordões à bolsa.... não é nenhum Divani & Divani, nem Chateau D'ax, mas também não é IKEA, é da Conforama. Foi o que nos encheu os olhos e não esvaziou a carteira.

 

 

 

 (imagem retirada da net)

Está tudo limpinho!

por Mafalda, em 25.04.14

E era o que parecia....

Quando metemos a mão na massa é que foi ver a "limpeza"!!

A cozinha metia dó.... isto de casas alugadas já se sabe como é, nem todos estimam e a última inquilina era o exemplo perfeito de quem não estima uma casa...

Os móveis colavam, tiveram de ser limpos com tira-gorduras, o exaustor nunca deve ter visto uma pinguinha de água e o forno idem idem.

Os guarda-fatos tinham areia da praia, as loiças da casa de banho limpinhas à primeira vista, revelaram-se sujas assim que passávamos o pano e por trás nunca ninguém as limpou... O chão todo ele em Grês (como a senhoria fez questão de frisar!) foi esfregadinho de joelhos com cif e lixívia, e aí sim já nos víamos ao espelho.

Duas das portas, a da sala e a do atelier, são daquelas com vidrinhos, estavam assim como hei-de dizer.... baças... (e fica já o aviso!! o primeiro a colocar um dedo que seja no vidro, vai limpar logo se seguida!! hihi).

As janelas todas tiradas foras, os estores todos limpinhos, paredes com riscos de lápis... foram dias árduos de limpeza. Mas quem tem uma MÃE tem TUDO e foi o que me valeu! Sem ela, acho que demorava quatro vezes mais a limpar o apartamento.

 

Liberdade

por Mafalda, em 25.04.14

Hoje é dia de festejar a Liberdade, sem ela, este e tantos outros blogs não poderiam existir.

 

 

 

Três quartos??

por Mafalda, em 24.04.14

Sim, somos apenas dois e escolhemos um apartamento com três quartos. Porquê?

Por várias razões...

- a diferença de preço entre um T2 e um T3 era zero;

- preciso de um quarto extra para o meu atelier de costura;

- ficamos com um quarto vago para as visitas e para mais tarde os próximos elementos da família.

 

Hoje em dia além de trabalhar por conta de outrém, mantenho um hobbie (+/- profissional), a costura. Sempre é um extra que cobre algumas despesas e tem o lado prático de que algumas das peças/mobílias que vamos ter em casa vão ser transformadas por mim (que vos irei mostrando).

A escolha de mais um quarto em casa, era óbvia... apenas um T1 não chegava, costurar na sala, na cozinha ou até no quarto nem era assunto a ponderar, teria de ter um quarto "só para mim"!

Um T2 era suficiente, mas quando viesse o terceiro elemento da família, o atelier deixaria de existir e voltávamos ao problema inicial. Daí termos optado por um T3 e fica "cada macaco no seu galho", temos espaço para tudo e para todos.

 

O T3

por Mafalda, em 23.04.14

A procura da casa perfeita não foi simples.... tinhamos alguns requisitos mínimos e não foi fácil encontrar:

-cozinha equipada (obrigatório!!)

-pelo menos dois quartos

-áreas minimamente aceitáveis

-renda dentro do orçamento

 

Dito assim parecia quase impossível, todos nos diziam que não ia ser fácil... e não foi!

Foram meses de pesquisa em vários sites de imóveis, de vez em quando lá aparecia um de que gostávamos e ia guardando nos marcadores.

Até que já tinhamos uma mão cheia de possíveis "ninhos" e partimos para as visitas.

No primeiro dia tinhamos logo quatro apartamentos para ver... uffff.... e o nível começou bem lá em baixo!!

O primeiro era bem pequenininho (esta mania de tirar fotos bem juntinhos à porta e assim fazer com que a casa pareça enorme), a visita nem durou 5 minutos, de tão grande que era o apartamento, dissemos que iamos pensar e daríamos uma resposta. Claro que para nós foi um risco na folha!

Passámos aos próximos...

Três apartamentos T2 do mesmo agente. Não eram maus, gostámos particularmente de dois, mas um estava pré-reservado e o outro mesmo no centro da vila, o que iria ser o pânico para estacionar.

Ou seja, viemos embora sem que nenhum fosse AQUELE...

 

Mais uma semana de trabalho e márcamos uma única visita para um T3.

Começou mal.... com 30 minutos à espera do agente, mas terminou bem! 

Era este!!! Áreas grandes, três quartos, cozinha equipada, bons acessos (auto-estrada, hiper-mercados, perto da família) mas.. o valor da renda era um bocadinho acima do orçamento....

Fizemos um choradinho e ficámos à espera que o senhorio aceitasse a proposta.

A resposta chegou no dia seguinte, aceitaram!!! O T3 é nosso!!!! :D 

T3 para dois

por Mafalda, em 23.04.14

Uma nova aventura vai começar!

Website Hit Counters
HTML Hit Counters

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mais sobre mim

foto do autor