Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

T3 para dois

...a aventura de uma vida a dois...

31
Mai14

Vizinhos

Mafalda

Sempre morei em moradias, uma delas tinham um primeiro andar independente, mas raramente lá morava alguém. Nunca me tive de me preocupar se arrastava uma cadeira ou deixava uma vasoura cair e ia incomodar os vizinhos...

Agora no ninho novo a coisa é diferente, temos vizinhos a toda a volta, e se durante o dia é normal ouvir barulhos e pessoas a falar até aí tudo bem, até nós estamos mais "activos" durante o dia.

Só conhecemos os vizinhos do lado e os do R/C, do básico "bom dia" "boa tarde", mas algo me diz que irei conhecer os vizinhos de cima mais rápido do que seria esperado!!

A partir das 22h começa o festival de arrastar cadeiras e movéis, martelar, correrias pela casa aparentemente descalços (que faz mais barulho do que se for de chinelos) e gritos. Ontem eram 24h e o barulho ainda persistia...

Nas séries americanas costumam  receber os novos vizinhos do bairro com uma tarte, mas acho que eu é que os vou conhecer e não será com uma tarte de boas vindas!! 

Se a coisa mesmo assim persistir, a máquina de costura há-de bombar até ao amanhecer!! ehehhe

 

 
(foto retirada da net)
29
Mai14

Dia da Espiga

Mafalda

5ª Feira da Espiga é feriado aqui no concelho, para mim é sinónimo de meio dia de trabalho ;)

Até ao ano passado, agarrava em mim,  ia às compras da parte da tarde, passear no shopping e acabava a jantar com o mais que tudo e os pais dele. Algo me diz que este ano vai ser diferente... hehe

Continuo a trabalhar apenas de manhã, mas a tarde deve ser de arrumações e limpezas...

 

 

26
Mai14

1º dia

Mafalda

1º dia - check √

 

Foi um misto de emoções... Tentei ser forte, não fazer um big drama e despedir-me com um "Até amanhã", mas a verdade é que assim que fiz a curva ao sair de casa já as lágrimas me corriam pela cara.

Não eram lágrimas de tristeza, mas o corte do cordão pela primeira vez não foi fácil.

O que superou tudo foi chegar ao ninho e ter um sorriso só para mim e um mega abraço que cura tudo!

 

No fim correu tão bem que até o homem fez o jantar na bimby!! heheh :D

 

 

23
Mai14

A guerra dos sexos

Mafalda

Se há coisa que passo bem sem fazer é passar a ferro, mas não importo quando tem de ser feito. E se até agora era a mãe que o fazia, agora terei mesmo de ser eu...

No Natal fui presenteada com um ferro/caldeira supra-sumo, último modelo xpto e a explicação foi: "agora tens de passar as camisas do M.!"... hummm que bom!!!

Isto de arranjar um namorado que usa camisa todos os dias, devia ter sido requisito mínimo a analisar na altura do encantamento... mas é como se costuma dizer o amor supera tudo! heheh até mesmo ter de passar camisas a ferro!

 

Há uns dias estávamos (eu e o M.) a conversar sobre o que iria mudar quando juntarmos os tarecos, e uma das coisas serão as saídas nocturnas ao sábado. Como  trabalho aos domingos de manhã, aos sábados nunca me posso esticar muito, ao que muito prontamente o mais que tudo responde "Então, ficas a passar a ferro, porque segunda feira preciso de camisas passadas!"...

 

Outra das coisas que não me importo (mesmo) de fazer é lavar a loiça. Para dois gatos pingados não vale a pena usar a máquina, a loiça é muito pouca e iria demorar uma eternidade a encher.

Então nas promoções do Pingo Doce comprei 2L de detergente Fairy, fiquei logo aviada para o resto do ano.

O pior foi quando me começou a cair a pela das mãos e cheguei à conclusão que a culpa é do detergente. Disse ao M. "Agora tens de ser tu a lavar a loiça, faço alergia ao detergente." e ele muito querido... "Não faz mal amor, compramos Super Pop."

 

Enfim, o amor é lindo!! E por ele passo camisas a ferro e passo a lavar a loiça de luvas até o Fairy acabar.

 

22
Mai14

Inveja boa!!

Mafalda

Há coisas que nos deixam com uma inveja boa!!

É o caso desta peça...

 

Quase todos nós, hoje em dia, temos algum amigo/familiar/conhecido a trabalhar e viver fora do país. Eu tenho vários casos e esta peça é devido a isso mesmo!

Tenho uma grande amiga de infância, daquelas que sabemos que será para sempre "no matter what", a viver e trabalhar em Angola, mas que veio de "férias" a casa e trouxe um pedacinho de Angola com ela.

Apesar de estar por lá há cerca de 3 anos, quer regressar a Portugal e por cá ficar. Está também a montar o seu "T3" e pediu a minha ajuda.

Trouxe de lá um pano que adorou (e eu também!!) para fazer uma cortina, mas não tinha medida suficiente. Então lembrou-se destes estores simples e decidiu personalizá-lo.

(foto AKI)
Perguntou-me se era possível aplicar tecido sobre  estore e eu mesmo sem ter a certeza disse que sim.
Devido às varetas rígidas não é possível dobrar o tecido, pelo que tive de adaptar o atelier, mudar a posição da máquina e fazer algum equilibrismo para que a coisa corresse bem. E correu!!
Eu adorei o resultado e só tenho pena de não ter nenhuma janela em casa que se adapte para fazer o mesmo.

 

(foto tirada ainda no meu atelier)

 

Estou em pulgas para ver como fica no escritório dela!!! :D

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D