Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

T3 para dois

...a aventura de uma vida a dois...

22
Jul14

Temos candeeiro!!

Mafalda

Foi preciso haver eventos lá em casa para finalmente por mãos à obra.

O candeeiro da sala tinha de ser grande! Só há um ponto de luz no tecto e não ficava bem um candeeirinho pequeno.

Só que nestas coisas, quanto maior, mais caro!!! :(

Tinhamos de por mãos à obra e criar o NOSSO candeeiro.

 

E ora pois, foi o que fizemos!

A armação foi feita pelo M. com a precisosa ajuda do pai... arame em rolo não é fácil de indireitar e soldar os encaixes para os casquilhos foi outro filme...

Para o abajur usámos placas de pvc/acrílico fininhas (compradas no AKI) e tecido pois claro. Algo diferente, tipicamente português e dentro dos tons da sala.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não ficou perfeito, mas é nosso, único e deu trabalho de sobra para chegarmos à conclusão que não nos metemos noutro! loool

 

11
Mai14

Abajures

Mafalda

Na casa dos pais do mais que tudo, mais precisamente no quarto do mais que tudo, haviam uns candeeiros já "velhinhos" a precisar de uma cara nova.

 

Estavam já com a cor gasta e com alguns sinais do tempo... por mais que fossem limpos, nunca ficariam como antes.
O pequenino consegui forrar por cima do tecido antigo e não se nota nada, o abajur maior teve de ser feito de novo. Ainda experimentei forrar por cima do antigo, mas notavam-se as manchas.
Fiz a base com cartolina duplex e forrei novamente com o tecido. Deu algum trabalho, mas nada impossível e ficaram como novos. ;)

 

01
Mai14

Candeeiro de pé

Mafalda

Para a sala queríamos um candeeiro de pé, para que pudessemos criar um ambiente "mais baixo" em vez de termos sempre o cadeeiro de tecto aceso.

Havia na casa dos sogros um candeeiro de pé, em madeira preta, mas com um abajur bastante colorido e que não ia de encontro ao que gostávamos...

Mais uma vez colocámos mãos à obra!

 

Retirei todo o tecido e cartão do abajur, aproveitanto assim só a estrutura.

Como tinha alguma ferrugem, foi-lhe dado um tratamento próprio e depois pintada.

Uma vez que tinha sobrado tecido igual ao dos puffs, aproveitei para o abajur.

A madeira estava óptima, só precisou de uma limpeza e como os móveis da sala são pretos, nem precisou de pintura nova.

(foto do antigo abajur, já desmanchado, e o novo em execução)

 

 

Et voilá, o nosso novo candeeiro de pé!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D